Share

Ter um quintal com um belo jardim anima o dia de qualquer um, ainda mais quando se tem crianças. Para quem vive em centro urbanos agitados, uma área verde em casa é uma solução prática e funcional para os pequenos terem espaço para brincar mais com segurança.

Pediatras são categóricos ao afirmar que o contato com a natureza traz enormes benefícios à saúde e ao desenvolvimento físico e mental das crianças. Nesse texto, listamos esses benefícios para você.

Apurar os sentidos

Saindo das telas dos games, onde tudo é visual, para entrar em contato direto com a natureza, a criança estimula os outros sentidos de uma forma que trará novas experiências e percepções.

Sentir a terra, pisar na grama descalço, cheirar flores, ouvir passarinhos, ver o céu aberto, enfim, tudo isso ajuda no crescimento e desenvolvimento da criança. Suas descobertas farão parte do conhecimento que agregará ao longo de sua vida.

Saúde mental e física

Com área verde em casa a criança tende a explorar tanto a natureza quanto seu próprio corpo. Pular, correr e brincar são atividades essenciais para o desenvolvimento físico infantil, e raramente são possíveis dentro dos apartamentos. 

O contato com a natureza também desenvolve o cérebro, aumentando o número de conexões entre neurônios. Estudos apontam que crianças com acesso constante à natureza tendem a ser mais curiosas, criativas e raramente desenvolvem as chamadas “doenças modernas” como o déficit de atenção.

Anticorpos mais fortes

Mão sujas de terra ou contato com bichos podem assustar alguns pais mas a exposição a alguns tipos de microrganismos é extremamente necessário para fortalecer o sistema imunológico da criança. 

Nosso organismo funciona criando defesas contra o que é exposto. O contato com áreas verdes seria como uma vacina diária e a sua falta poderia refletir em baixa diversidade da microbiota, trazendo riscos enormes à saúde.

Isso não significa que devamos deixar de lado hábitos como tomar banho ou lavar as mãos mas, da mesma maneira, manter-se “limpo demais”, não é necessariamente uma coisa boa.

 

LEIA TAMBÉM: Porque morar em condomínio fechado com seus filhos. Veja as vantagens.

Tomar sol é essencial para a saúde

Produzimos vitamina D ao ficarmos expostos ao sol. Os médicos indicam a exposição mínima de 15 minutos diários para peles claras ou 45 minutos para peles morenas e negras. O interessante é que não produzimos a vitamina se estivermos com protetor solar, roupas ou quando os raios do sol nos alcançam pelo vidro e uma janela. Para isso é necessário que a pele esteja em contato direto com os raios de sol.

Mas fique atento: Após o tempo recomendado, não deixe de se usar o filtro solar e priorize o banho de sol antes das 10 e após as 16 horas.

Cuidar de hortas e jardim

Já pensou em ter uma horta ou um belo jardim? Esse é outro grande privilégio de quem tem área verde em casa. Em geral, as crianças adoram participar do cuidado com as plantas, principalmente quando entendem que elas podem ser levadas à cozinha e transformadas em comida. Atividades como essa ajudam na socialização da criança, além de aproximá-la de uma alimentação mais saudável.

Com um ambiente familiar que proporcione experiências diversas, onde as crianças podem ser livres para explorar e brincar em segurança, a qualidade de vida de toda família só tende a melhorar.